O direito das minorias é um direito de todos!
Wed, 16/04/14 – 13:35 | Nenhum Comentário

Em maio próximo, 400 milhões de cidadãos da União Europeia irão eleger os deputados que irão compor o Parlamento Europeu. Mas há um problema. Algumas escolhas muito importantes precisam ser feitas. Este é o argumento …

Continue lendo »
Assim não!!!

O que uma Organização Pública NÃO deve fazer para realizar uma boa comunicação… Imperdível!!!!

Comunicação Digital

Tire suas dúvidas sobre o universo da Comunicação Digital. Novas mídias, estratégias de comunicação digital…

Comunidade Interlegis

Saiba o que acontece na comunidade mais importante do Poder Legislativo brasileiro.

O Design Público

A comunicação publicitária a serviço do interesse público. Campanhas publicitárias, mobilização social, design…

Tipografia

Discuta, aprenda, crie… e tire suas dúvidas sobre tipografia, design gráfico e comunicação visual.

Home » O Design Público

Governo holandês apresenta a sua nova identidade visual

Postado por em Wednesday, 3 December 20085 Comentários

Você já imaginou uma empresa com duzentos departamentos e cada um com sua própria identidade visual? Já imaginou as dificuldades logísticas que essa empresa enfrenta no seu esforço diário de comunicação? Como padronizar a comunicação no meio de tanta confusão? Como ser identificado e entendido pelo seu público-alvo sem uma comunicação consistente e minimamente padronizada?

Estes desafios são enfrentados pelo Governo da Holanda. Com mais de duzentas identidades visuais (uma para cada departamento) o governo holandês gasta boa parte da sua verba de comunicação gerenciando essa verdadeira “crise de identidade”.

Para acabar com tanta confusão, o governo da Holanda lançou, ano passado, o Projeto 1 Logo.

Os nossos custos aumentam ano a ano, pois temos que gerenciar a identidade visual de cada departamento de maneira individual. Cada departamento tem o seu próprio logotipo o que dificulta o gerenciamento da comunicação e aumenta as nossas despesas com impressos, letreiros, sinalização das repartições públicas e tudo que envolve a comunicação visual dos departamentos. Não há uma conexão direta com a sociedade. A confusão sobre a identidade do governo já nos trouxe muitos transtornos e dificulta sobremaneira o nosso esforço de comunicação. O Projeto 1 Logo nasceu para dar consistência à nossa marca. O nosso governo não tem uma cara, na verdade temos tantas faces e ao mesmo tempo não temos nenhuma,” afirmou um representante do governo holandês durante a solenidade de lançamento do Projeto 1 Logo, em setembro de 2007.

PROJETO 1 LOGO

“1(um) logo, 1(uma) marca, 1(uma) identidade, 1(uma) maneira de comunicar-se com a sociedade, tudo reunido em 1(um) único governo”, é o lema do Projeto 1 Logo.

Logo 1 / Rijksoverheidsans-serif-typeface-010

Logo 1

FAMÍLIAS TIPOGRÁFICAS

O projeto de padronização desenvolvido pelo governo holandês envolveu também a criação de uma família tipográfica exclusiva para o projeto. O Studio Dumbar de Peter Verheul foi o escolhido para criar os tipos do projeto.

Na verdade, só no início de 2008 (quatro meses após o lançamento do 1 Logo) o Studio Dumbar foi escolhido para tocar o projeto. Em pouco menos de nove meses de trabalho, Peter Verheul conseguiu finalizar as fontes e lançá-las em quatro diferentes variações. As fontes foram nomeadas Rijksoverheid Sans Serif (normal e inclinada) e Rijksoverheid Serif (normal e inclinada). A expressão Rijksoverheid” utilizada para nominar as fontes, significa “governo” na língua local.

Os tipos serão utilizados pelo governo holandês, em todas as formas de comunicação visual (impressos, sinalética de locais públicos, letreiros, personalização de veículos públicos, etc…).

Veja abaixo as fontes criadas pelo Studio Dumbar para o Projeto 1 Logo:

Rijksoverheidsans-serif-typeface

Rijksoverheidsans-serif-typeface

Para Peter Verheul, o tipo ideal para esse tipo de projeto, deve ser fácil de ler, não deve ser muito amplo, a fim de reduzir custos de impressão. “O tipo tem que ser flexível o suficiente para ser utilizado em todas as formas de comunicação visual”, argumentou o designer.

Abaixo podemos ver um dos primeiros rascunhos das fonts, ainda na fase de projeto. (imagem do acervo de Peter Verheul)

Imagem do acervo de Peter Verheul

Imagem do acervo de Peter Verheul

RIJKSOVERHEID SANS TYPEFACE

Rijksoverheidsans-serif-typeface

Rijksoverheidsans-serif-typeface

Neste exemplo acima você pode ver o uso prático da Rijksoverheid Sans, um tipo de fácil leitura, com uma grande altura-x. Características que permitem a máxima legibilidade para o texto, letreiros, sinalização (sinalética) e outras formas de identidade visual.

Durante a apresentação das fontes, Peter Verheul mencionou que ele estava impressionado com a maneira como a versão Sans “funciona bem” tanto em textos curtos, como também em textos maiores (tão comuns na adminstração pública).

“Desenvolvemos um tipo para ser utilizado em todos os departamentos do governo, por isso, ele vai reduzir os custos com a aquisição de licenças tipográficas, ao invés de dezenas de licenças, agora só precisamos adquirir uma. Dessa forma, pela sua futura onipresença na comunicação governamental, o tipo vai funcionar como uma ponte entre a sociedade e o governo”, afirmou Peter.

CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO

Pela magnitude do projeto e a grande quantidade de entidades públicas envolvidas, os dirigentes holandeses determinaram que a nova identidade visual seja implantada paulatimente. De acordo com o cronograma estabelecido, todos os departamentos do governo só devem estar utilizando a nova identidade visual, em sua plenitude, no último trimestre de 2011.

RIJKSOVERHEID SERIF TYPEFACE

Rijksoverheidsans serif typeface

Rijksoverheid Serif Typeface

DISPONIBILIDADE DAS FONTES RIJKSOVERHEID SANS / SERIF

Rijksoverheid Sans Serif Typeface

Se você gostou da fonte e já está pensando em utilizá-la naquele projeto que esta em cima da sua mesa agora, infelizmente, para nós designers, a notícia não é muito boa, pois as fontes criadas por Peter Verheul só estão disponíveis, até o momento, para os envolvidos no Projeto (o governo holandês e o Studio Dumbar).

Mais informações sobre o 1 Logo no site do governo holandês dedicado ao projeto.

Queremos agradecer a Peter Verheul, a equipe do Studio Dumbar e ao amigo Sander Bauman que nos forneceram todas as informações necessárias para a elaboração deste artigo.

Hélio Teixeira, é publicitário, especialista em gerenciamento de identidade corporativa e apaixonado por Design Gráfico e Web Design. É consultor de Comunicação e Marketing e já prestou consultoria a grandes empresas nacionais. No mercado publicitário atuou nas áreas de Planejamento de Mídia, Direção de Arte e Criação. Presta serviços de assessoria a instituições públicas desde o ano 2000.

Posts Relacionados

5 Comentários »

  • Manoel de Assis says:

    Hélio, que grande artigo meu amigo. Como leitor assíduo do Blog, só posso estar orgulhoso por mais esta conquista.

    Sou fã de carteirinha do trabalho de Peter Verheul. Tive contato com o seu trabalho ainda na faculdade e me tornei admirador do seu trabalho desde então.

    Quanto ao trabalho que ele desenvolveu para o Governo da Holanda, só tenho uma palavra: FANTÁSTICO!!!!

    Comprei inclusive o livro onde ele relata passo a passo o processo de criação das fontes utilizadas no Projeto 1 Logo, simplesmente imperdível.

    Mais uma vez parabéns, o Chapa melhora a cada dia!!!!!!

  • Paulo de Tarso Constant says:

    Muito bom o artigo. O trabalho realizado pelo Studio Dumbar realmente foi magnífico. A família tipográfica criada por eles ficou impecável. Grande trabalho.

    Quero parabenizar o Blog pelo excelente trabalho de pesquisa e pela relevãncia dos assuntos tratados aqui.

  • Cláudio Marques says:

    Por muito tempo o trabalho com a tipografia, como atividade projetual e industrial gráfica, era limitado aos tipógrafos (técnicos ou designers especializados), mas com o advento da computação gráfica a tipografia ficou disponível para designers gráficos em geral e leigos. Hoje qualquer um pode escolher uma fonte (tipo de letra) e compor um texto simples em um processador de texto.

    Mas essa democratização tem um preço, pois a falta de conhecimento e formação adequada criou uma proliferação de textos mal diagramados e fontes tipográficas mal desenhadas. Talvez os melhores exemplos desse fenômeno possam ser encontrados na internet.

    O conhecimento adequado do uso da tipografia é essencial aos designers que trabalham com diagramação, ou seja, na relação de texto e imagem. Logo a tipografia é um dos pilares do design gráfico e uma matéria necessária aos cursos de design. Para o designer que se especializa nessa área, a tipografia costuma se revelar um dos aspectos mais complexos e sofisticados do design gráfico.

    Parabéns ao Chapa pelo artigo e por mostrar o quanto é sério e importante o nosso trabalho.

  • Maria do Carmo Lins says:

    Quero felicitar os responsáveis por este veículo, pelo trabalho magnífico de pesquisa e pela escolha dos temas abordados.

    Sou professora do curso de de comunicação social de uma faculdade aqui em Salvador-BA, e já recomendei a leitura do Chapa Branca aos meus alunos.

    Tenho alguns artigos, sobre o temática da comunicação pública, publicados em alguns jornais aqui do estado e desejo também colaborar (escrevendo) com este Blog.

    Como faço?

  • Hélio Teixeira says:

    Maria,

    Seja bem-vinda ao nosso blog. Fique à vontade para escrever e enviar seus artigos. Só pedimos que você respeite as normas do nosso blog, descritas na seção Objetivos.

    Muito obrigado por sua colaboração.

Qual a sua opinião sobre este artigo?

Envie o seu Comentário abaixo, ou trackback a partir do seu próprio site. Você pode ainda assinar os comentários deste artigo via RSS.

Seja legal. Mande apenas o seu comentário. Não envie Spans.

Você pode usar esses tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Para ter sua foto ao lado de seu comentário é preciso ter cadastro no site Gravatar. Tendo isso, sua foto será sempre exibida no CHAPA BRANCA e em qualquer outro lugar que também use o Gravatar.