Cérebro Máquina de Aprender

No período de 18 a 22 de março passado, o Jornal da Globo, telejornal da Rede Globo de Televisão, exibiu uma série de reportagens sobre o funcionamento do cérebro humano. De forma clara e objetiva, alguns dos mais renomados neurocientistas brasileiros e estrangeiros, além de professores, alunos, esportistas, músicos, entre outros profissionais, desvendam alguns segredos do órgão mais complexo e intrigante do corpo humano.

Cérebro Máquina de Aprender

Cérebro Máquina de Aprender

Das partes que compõem o nosso corpo, o cérebro é a que esconde mais mistérios, em função da dificuldade de estudá-lo, por causa da sua elevada complexidade. Outra característica do cérebro é o alto consumo de energia. Mais de 20% de toda energia produzida pelo corpo é destinada ao cérebro.

Para os neurocientistas, o cérebro se parece com um músculo e quanto mais o utilizamos, mais forte e ativo ele se torna. Dai a importância do hábito da leitura, escrita e das atividades físicas cotidianas. Se deixarmos o cérebro ficar preguiçoso, ele vai atrofiando, da mesma forma que os músculos das pernas e braços, por exemplo, quando não os colocamos em movimento.

Em todas as áreas que fazem parte da nossa vida, é na educação que as potencialidades do cérebro têm sido mais empregadas. Professores e Neurocientistas estão se unindo para desenvolver estratégias e novos conhecimentos que facilitem a aprendizagem para falar, escrever, realizar operações matemáticas e muito mais.

Os atletas de elevado desempenho já estão utilizando a neurociência há mais tempo e com excelentes resultados. Além dos treinos diários, a imaginação e a persistência são essenciais para o desenvolvimento de habilidades e competências. As reportagens mostram os exemplos de talentosos músicos, bailarinos, jogadores de futebol, basquete e pilotos de fórmula 1, entre outros profissionais.

Saber usar a criatividade é imprescindível para nos adaptarmos às gigantescas e complexas mudanças que estamos vivendo no Século XXI.

Assista os cinco capítulos da série nos vídeos publicados neste post.

O direito das minorias é um direito de todos!

Em maio próximo, 400 milhões de cidadãos da União Europeia irão eleger os deputados que irão compor o Parlamento Europeu. Mas há um problema. Algumas escolhas muito importantes precisam ser feitas. Este é o argumento principal desta campanha promovida em parceria pela ILGA-Europe (International Lesbian, Gay, Bisexual, Trans & Intersex Association) e pela European Network Against Racism (ENAR).

O vídeo da campanha relata a escolha que é dada a Emma, uma eleitora da União Europeia. Ela precisa reconhecer quais candidatos se opõem aos seus direitos e aos dos seus amigos.

De acordo com Evelyne Paradis, da ILGA- Europe: “Esta é a primeira vez que duas organizações como as nossas se unem a este nível. Falamos por mais de mil organizações que acreditam firmemente que discriminar uma minoria afeta a todos de forma negativa. Queremos dizer aos eleitores que mais igualdade e mais justiça em todas esfera da vida é algo que podemos construir juntos, e isso deve estar na cabeça deles quando forem votar em maio.”

A campanha está sendo amplamente compartilhada nas mídias sociais em 12 línguas. A hashtag usada é #NoHateEP2014.

“Muitos candidatos ao Parlamento Europeu sustentam opiniões muito fortes contra a diversidade e os direitos dos grupos LGBT. Esperamos que as pessoas façam uma escolha consciente,” concluiu Evelyne.

As eleições estão marcadas para o período de 22 a 25 de maio próximo.

(clique nas imagens para ampliá-las)