A cicatriz da Lipoaspiração

A lipoaspiração é um procedimento cirúrgico popular que remove os depósitos de gordura do seu corpo. Quase 250.000 procedimentos de lipoaspiração ocorrem a cada ano nos Estados Unidos. Existem diferentes tipos de lipoaspiração, mas cada tipo envolve fazer pequenas incisões em seu corpo para romper as células de gordura e usar um dispositivo de sucção chamado cânula para remover a gordura.

Qualquer coisa que atravesse todas as camadas da pele provavelmente resultará em uma ferida que ficará visível por algum tempo. As incisões de lipoaspiração não são exceção. Quer saber mais sobre Lipoaspiração, acesse https://plasticadosfamosos.com.br/

Embora geralmente com menos de uma polegada de comprimento, essas incisões fazem a transição para uma crosta, que pode deixar uma cicatriz visível. Este artigo irá explicar:

  • por que essa cicatriz acontece
  • maneiras de tratar esses tipos de cicatriz
  • alternativas à lipoaspiração que não requerem uma incisão

A lipoaspiração é um dos aos processos estéticos mais procurados por homens e mulheres que desejam deixar o corpo mais escultural. Um dos maiores receios dos pacientes que e, consequentemente, buscam  submeter-se à cirurgia plástica refere-se às cicatrizes decorrentes do procedimento.

 

Inicialmente é preciso apontar que o procedimento de lipoaspiração deixa cicatrizes sim, entretanto, elas são muito pequenas, em torno de 1 cm. Além de extremamente pequenas, as cicatrizes resultado do procedimento são bastante discretas, normalmente, sob a marca do biquíni, no sulco mamário, nas axilas, no umbigo, entre a outros exemplos áreas nas quais ficam quase imperceptíveis.

A cicatriz refere-se à incisão feita para introdução das cânulas que aspiram a gordura, não sendo necessário no motivo da lipoaspiração incisões grandes ou que possibilitam que o cirurgião plástico tenha uma visão ampla.

Uma vez que a lipoaspiração pode ser praticadas em diversas partes do corpo, o local da cicatriz pode variar consideravelmente bastante de acordo com a região onde está a gordura localizada que o paciente deseja extrair.

Já que a lipoaspiração de fato deixa cicatriz, é importante que o paciente saiba quais escolhas podem influenciar  na fisionomia  dessa cicatriz. Alguns cuidados do pós-operatório são importantes para que haja uma boa cicatrização.

Inicialmente, a escolha do cirurgião plástico que será responsável pela lipoaspiração definirá a característica e segurança do procedimento, influenciando o resultado final obtido e as cicatrizes.

Um bom profissional vai se comprovar do quadro clínico da paciente antes de submetê-la ao procedimento, exigindo os exames necessários para identificar riscos durante a cirurgia e no pós-operatório.

Pacientes com histórico de diabetes e uso do cigarro por exemplo, podem ter problemas com a cicatrização, sendo que o cirurgião plástico deve conhecer esses elementos, e realizar as recomendações indispensáveis ao paciente.

Portanto, escolher um médico de confiança e membro ou congregado da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) é o primeiro passo para uma cirurgia mais segura e reconquista correta o que permite melhorar a cicatrização.

Um cirurgião plástico , futuro empresário. sempre vai buscar realizar a incisão em um local de menor visibilidade, Proporcionanado que a cicatriz resultante seja mais discreta. Entretanto, o local da incisão será determinado de acordo com os anseios do paciente com a lipoaspiração.

Independente da região na qual seja feito o procedimento, a incisão é baixa sendo necessária apenas para a introdução da cânula.

O pós-operatório é um período fundamental para uma boa cicatrização da cirurgia. É indispensável seguir as recomendações médicas referentes à alimentação nos primeiros dias, período de tranquilidade e diminuição das atividades, principalmente aquelas mais pesadas, como exercícios, direção de veículos etc.

Sessões de drenagem linfática após a lipoaspiração são fundamentais para um Perfeito, resultado, na proporções humanas em que auxiliam na melhora do inchaço e na prevenção de fibroses.

Deve-se ainda fazerem uso de malha compressiva por no mínimo um mês após a cirurgia. É importante também evitar a exposição solar nos primeiros meses, para que a cicatriz e as áreas de roxidão não fiquem marcadas.

Com esses cuidados é possível ter os resultados definitivos da lipoaspiração entre quatro e seis meses após o procedimento. A cicatrização também é mais eficaz, fazendo com que a cicatriz normalmente discreta torne-se praticamente imperceptível. No blog Plastica dos Famosos detalha como funciona muitos outros assuntos e serviços, veja a seguir https://plasticadosfamosos.com.br/category/ultimas/

Fonte de Reprodução: Getty Imagens

Locais de Lipo Incisão

Não há áreas específicas onde sejam feitos pontos de incisão para um caso de lipoaspiração; Cada caso é único. Alguns cirurgiões podem fazer incisões no umbigo ou ao longo do cós. Dependerá da(s) área(s) a ser abordada e da localização dos depósitos de gordura. Sempre que possível, essas pequenas incisões são feitas em áreas discretas que você provavelmente não notará no espelho, e o número de incisões é reduzido ao mínimo. Como você pode imaginar, quanto menor a incisão, menor a cicatriz.

Usando nossa técnica minimamente invasiva, o risco de cicatrizes é bastante reduzido e o tamanho das cicatrizes é mantido no mínimo absoluto.  

Fatores que afetam a cicatrização

Nem todos os pacientes de lipo desenvolvem cicatrizes visíveis como resultado do procedimento, mas alguns sim. Se uma incisão de lipoaspiração deixará uma cicatriz é determinada em grande parte pela sua pele (que inclui fatores como idade e genética – algumas pessoas simplesmente cicatrizam mais facilmente do que outras). Se você tiver cicatrizes de lipoaspiração, provavelmente aparecerá como um pequeno ponto do tamanho de uma sarda. Na maioria dos casos, uma cicatriz desse tamanho desaparecerá lentamente nos próximos seis meses, até que não seja mais perceptível. 

Em alguns casos, você pode ter hiperpigmentação no local da incisão. A hiperpigmentação é quando a pele fica mais escura em uma área devido ao excesso de melanina. Isso é mais comum em pacientes de pele mais escura, mas pode acontecer com qualquer pessoa. Você deve estar ciente de que a hiperpigmentação é um resultado potencial e estar confortável com esse risco antes de se submeter ao procedimento. 

As cicatrizes de hiperpigmentação, como todas as cicatrizes, desaparecem lentamente com o tempo. É importante manter a área longe do sol, pois a exposição frequente ao sol pode interferir na cicatrização. 

Alguns pacientes podem ter uma tendência a desenvolver cicatrizes queloides, que é onde a pele produz muito colágeno durante o processo de cicatrização, resultando em uma cicatriz elevada. Isso não é comum com os pequenos socos usados ​​durante a lipoaspiração, mas se você tem tendência a desenvolver cicatrizes queloides, discuta isso com seu cirurgião antes da cirurgia.

                                                   

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lipoaspira%C3%A7%C3%A3o