Prótese de Silicone: principais tipos e como escolher

As próteses mamárias são conformações de silicone, gel ou recurso salina que podem ser utilizadas para aumentar o busto, corrigir assimetrias e o contorno da mama, por exemplo. Não há apontamento específica para colocação dos próteses de silicone, sendo normalmente solicitadas por mulheres que estão insatisfeitas com a massa ou formato de sua desbulha, havendo impacto direto nas autoestima. Muitas mulheres recorrem a colocação de próteses de silicone após a amamentação, já que os seios ficam flácidos, pequenos e, por margens, caído, sendo indicado nesses casos a colocação do prótese cerca de 6 meses após o término do alactamento. Além disso, os próteses mamárias podem ser usadas no processo de reconstrução mamária no caso de movimento da mama devido à câncer de mama.

Tudo que Você Precisa saber sobre Implantes de Bunda

Também chamado de aumento das nádegas ou aumento dos glúteos, esse procedimento tem se tornado cada vez mais popular nos últimos anos. Uma estimativa relatada pela American Society of Plastic Surgeons observa que a cirurgia de aumento das nádegas aumentou 252 por cento entre os anos de 2000 e 2015.

O Silicone é Tóxico?

Isso fez com que o silicone fosse amplamente utilizado em implantes cosméticos e cirúrgicos para aumentar o tamanho de partes do corpo como seios e nádegas, por exemplo.

Implantes Mamários: Solução Salina vs. Silicone

Quer saber as diferenças entre soro fisiológico e implantes mamários de silicone? Os riscos dos implantes mamários? O que acontece se um implante se romper? Obtenha respostas para essas perguntas e muito mais.